segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Sereiágua


É como um sonho. Perder-me assim e mergulhar na imensidão da sua magia é o melhor dos meus detalhes. Minha vida, você. O que me desperta o brilho dos olhos, o desejo de ir além do que não posso alcançar em terra firme, a coragem que me faz superar os medos, que me faz redescobrir quem sou, e reencontrar minhas particularidades mais recônditas. Minha máscara e minha nudez, minha fantasia e minha realidade. Meu devaneio e minha libido. Minha dualidade. O que não posso ser, o que jamais imaginei, o que jamais seria. Meu precioso furta-cor. Onde sei voar mais alto do que minhas possibilidades e minhas amplitudes. Onde morro e renasço, desaguando para além de mim. Quando suas cortinas se fecham, o aperto no coração, fazendo de mim todo suspiro e saudade. Mesmo sem as luzes da ribalta, adormeço em seu assoalho frio, onde sou acalentado pelo silêncio dos aplausos repousados, embalado pelas lembranças daqueles instantes mágicos, pelo desejo ávido de regressar às suas andanças infinitas. Pelas reticências que deixas em mim, por tudo que há de eterno em suas efemeridades. Por tudo que há de manso e vil em mim. Por todos que em você repousaram, gritaram, voaram: escorro-me...

Performance "Sereiágua": Renato Ziggy

14 comentários:

  1. é o que faz da nossa vida um grande teatro, porém nem sempre os finais são felizes.

    ResponderExcluir
  2. Sobre tudo que eu li até aqui, além do
    "...
    (sem palavras)",
    encontrei apenas uma para comentar: "Wow..."
    Como já te disse, você escreve MUITO bem. Se bem agora, não mais sei se você escreve as palavras ou se as palavras vão te escrevendo...
    ^^

    Sucesso!

    ResponderExcluir
  3. Acho que por nunca imaginarmos é que mais nos tornamos.
    Por óbvio que possa ou não parecer.

    ResponderExcluir
  4. Gostei do blogger. Há todo um sentimento envolvido e achei, também, que a imagem completou muito bem o contexto. Parabéns.

    http://saiidademergencia.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Achei bem intensa e profunda suas palavras , expressando todo sentimento e naturalidade ! Parabéns, tem conteúdo ! Espero uma visita sua ao meu blog também : ) http://pobreshumanos.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. é um texto um tanto bipolar um pouco triste mas mesmo assim com uma certa doze de esperança

    ResponderExcluir
  7. interessante...
    http://dicasdasammy.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. belas palavras,,,,muito bom a postagem..,

    ResponderExcluir
  9. Belas palavras.. seguindo, segue aae tbm
    http://thedayafterdark.blogspot.com/

    ResponderExcluir